Como chegar à saída

Guia útil

Ligações para chegar aos principais pontos de partida

20
Como chegar à saída
@ Xoán A. Soler

@ Xoán A. Soler

Um em cada cinco peregrinos que chegam a Santiago começam a sua aventura em Sarria. Esta localidade lucense pela qual transita o Caminho Francês encontra-se logo acima do marco dos 100 quilómetros do sepulcro do Apóstolo, o mínimo para lograr a compostela. Este motivo faz dela o ponto de partida ideal para os que dispõem de pouco tempo para desfrutar do Caminho. Prescindindo do veículo particular, uma boa opção para chegar a Sarria é o comboio, já que está bem comunicada com Barcelona (dois serviços por dia, bilhetes entre 75 e 100 euros) e Madrid (um comboio diário exceto aos sábados, bilhetes a partir de 50 euros).

Em autocarro, o trajeto mais cómodo é via Lugo, bem conectada com o resto das cidades espanholas. O trajeto em autocarro de Madrid a Lugo custa menos de 40 euros. Desde a estação de autocarros de Lugo partem vários por dia para Sarria, trajeto que custa menos de 2 euros e que se completa em cerca de 30 minutos.

O segundo ponto de partida mais habitual é Saint-Jean-Pied-de-Port, do outro lado dos Pirenéus. Durante 2012, 11,54% dos peregrinos que chegaram a Santiago começaram a sua caminhada nesta localidade francesa. A majestosidade e beleza das paisagens pirenaicas, transmitida pelo boca a boca entre romeiros, convida cada vez a um maior número de gente a iniciar o Caminho a partir deste ponto. Por este motivo, respondendo à lei da oferta e da procura, as vias e as possibilidades para chegar até Saint-Jean-Pied-de-Port reforçaram-se durante os últimos anos. Na Semana Santa e no verão a empresa Conda freta dois autocarros diários desde Pamplona. É um trajeto um pouco superior a uma hora e o preço do bilhete é de 20 euros. Este autocarro, repleto de peregrinos, também efetua uma paragem em Roncesvales. Durante o resto do ano, a única possibilidade é chegar de táxi via Roncesvales ou Valcarlos. Desde Pamplona existe um serviço direto de táxi que cobra 100 euros, uma boa opção para grupos reduzidos.

Outra possibilidade para chegar a Saint-Jean-Pied-de-Port é o comboio, ainda que pouco recomendável a quem acede a partir de território espanhol. O aeroporto de Biarritz, a 55 quilómetros, é outra das opções mais frequentada. A empresa Express Bourricot cobre o trajeto desde o terminal até Saint-Jean-Pied-de-Port por 72 euros.

Leão é o terceiro enclave mais procurado pelos peregrinos para iniciar o Camino de Santiago (5,41%). Ao ser uma das grandes capitais espanholas, está perfeitamente comunicada com os principais núcleos. Em autocarro, com Barcelona, Madrid, Bilbau, Sevilha, Corunha…

Em comboio, Leão também é um grande nó ferroviário. Conta com duas estações. Entre outras, está comunicada através do caminho-de-ferro com Madrid, Barcelona, Santiago de Compostela, Corunha ou Gijón.

A pequena aldeia de O Cebreiro, primeira localidade do Caminho Francês na Galiza, é um dos enclaves mais bucólicos da rota. São muitos (5,36%) os que a cada ano decidem iniciar o Caminho a partir deste ponto. Além de cobrir de folgadamente a distância exigida para a compostela, o peregrino poupa-se a uma exigente, apesar de preciosa, ascensão pelos Ancares. Até a O Cebreiro não chegam os autocarros públicos. Por isso, todos os romeiros que pretendam iniciar o Caminho a partir deste ponto deverão passar pela vizinha Pedrafita, melhor comunicada e a pouco mais de quatro quilómetros de distância. Uma vez em Pedrafita é possível subir até O Cebreiro caminhando ou apanhando um dos três táxis que cobrem este trajeto. Para chegar a Pedrafita a melhor opção é o autocarro. A empresa Alsa liga diariamente com Madrid, Barcelona, Bilbau, Santiago ou Lugo, entre outras. A companhía González y De la Riva também liga Lugo e Ponferrada com Pedrafita.

O quarto ponto de partida mais habitual é Roncesvales (4,4%). A melhor opção para chegar até aqui é a pé e com uma mochila às costas, desde Saint-Jean-Pied-de-Port, mas aqueles que não disponham de tempo ou prefiram evitar esta etapa pirenaica têm a possibilidade de iniciar o Caminho de Santiago a partir de Roncesvales. Autocares Artieda liga Roncesvales com Pamplona com serviços diários exceto domingos e feriados. No verão reforça esta linha com outro autocarro. O trajeto dura pouco mais de uma hora e o preço do bilhete é de 6 euros. A partir de Pamplona existe um serviço direto de táxi que cobra 60 euros.

4,03% dos peregrinos que obtiveram a compostela no ano passado iniciaram o Caminho de Santiago desde Ponferrada. A Alsa freta um autocarro diário desde Madrid (cerca de 30 euros). Outra conexão importante de Ponferrada em autocarro é com Leão (vários serviços diários, cerca de 10 euros por trajeto). Santiago, Granada, Oviedo e Corunha também estão conectadas com a capital berciana. Em comboio, Ponferrada está ligada, através de vários serviços diários, com Madrid, Santiago e Leão.

Latest blog content
La Voz de Galicia La Voz de Asturias

© Copyright LA VOZ DE GALICIA S.A. Polígono de Sabón, Arteixo, A CORUÑA (ESPAÑA) Inscrita en el Registro Mercantil de A Coruña en el Tomo 2438 del Archivo, Sección General, a los folios 91 y siguientes, hoja C-2141. CIF: A-15000649

Powered by Hyliacom